Gente que veio, gostou e sempre que pode dá uma passadinha por aqui

sábado, 6 de junho de 2009

221) Invasão poética!

Foto Lugoca





Deus disse: Vou ajeitar a você um dom:
Vou pertencer você para uma árvore.
E pertenceu-me.
Escuto o perfume dos rios.
Sei que a voz das águas tem sotaque azul.
Sei botar cílios nos silêncios.
Para encontrar o azul eu uso pássaros.
Só não desejo cair em sensatez.
Não quero a boa razão das coisas.
Quero o feitiço das palavras.

(Manoel de Barros)









4 comentários:

  1. Se Deus fez e a natureza aceitou, quem somos nós para dizer diferente?

    Amei o poema!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Poema simples, leve...
    Oi Lu! Bom trabalho na cobertura do acidente Air France, e quem sabe o milagre?
    abraços,
    Pedro

    ResponderExcluir

Eu gosto muito que você comente!