Gente que veio, gostou e sempre que pode dá uma passadinha por aqui

sábado, 13 de novembro de 2010

316) Esfíngica

Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, hoje, dia nublado
Foto Lugoca



Renasci.
Das cinzas
ou de algum canto de mim
que desconheço,
mas foi concebido
com o intuito único
de me permitir renascer.
Me refazer,
vez ou outra,
quando tudo tremer
e as bases sumirem
sob meus pés.
Nesses dias em que
a vida nos põe à prova.
Mas, como mágica,
tudo se renova.

 
 
 
 
 

21 comentários:

  1. Hoje, aí está assim? Eu também. Fico nublada quando me lembro daí.

    Essa música é delícia demais, uma panela inteira, só minha, de brigadeiro, pelando de quente.

    Existe dentro de nós um lugar poderoso, capaz de nos sarar de todos os males, mas, na maioria das vezes, ou estamos cegos para enxergá-lo ou é porque precisamos do terremoto mesmo, faz parte do jogo, junto com as toalhas de banho, sempre vem junto o tapetinho, o paninho do chão.

    Procuro deixar esse tapetinho bem branco, mas quando o terremoto chega...

    E eu aqui, literalmente, vivo a olhar para os lustres quando sinto algo sacudindo. Pode ser terremoto ou apenas o prédio sacudindo porque o vizinho pisou duro. Se for terremoto, o lustre vai rodar feito louco, os objetos vão caminhar (se não fosse iminência de algo incontrolável, seria engraçado) e tua cabeça vai girar, feito labirintite.

    Abusei deste comentário. Você me pegou em boa ou má hora, estou assim desde ontem, perdendo-me na Web para não perder eu mesma.

    Beijos, minha amiga de infância. Nem me pergunte nada pois virei túmulo. Deixa para lá, ou melhor, deixa para aí.

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  2. As forças que tiramos, não sabemos de onde, são a garantia da vida. O importante é que conseguimos sempre recomeçar.
    Um bj Lu

    ResponderExcluir
  3. Lu..lindo texto!!

    Somos assim movidos e levados sempre que nescessário ao renascimento!

    bjinhus no coração!

    ResponderExcluir
  4. Há uma doce melodia na sua forma de escrever, de dizer as coisas, como se falasse sempre mais alto o seu compromisso com a vida. E, apesar das intempéries, isso é harmonia nas suas águas profundas.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela foto( linda) e pelo poema. Adoro seu jeito doce de escrever.Bjks Boa noite!

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto Lu!!
    Renascer... Sempre que preciso, me dou essa chance.
    Beijos querida e um ótimo feriado.

    ResponderExcluir
  7. Resumidamente eu digo... adoro ver o sol nascer.
    Aproximadamente duas horas antes existe um silencio inusitado entre o crepúsculo e a aurora. Silencio tão necessário quanto a pausa entre a inspiração e a expiração pra seguir em frente.
    A foto... ainda que exista dias nublados esta claridade só é possível pq o sol esta ali aquecendo as nuvens ligeiras como nesta linda foto.
    Bjinhos in tom de liberte em vc Lu

    ResponderExcluir
  8. Lu,

    Nestas tuas linhas reconheço o traço do seu caráter, pessoa amorosa e compromissada com o "Viva Agora", que também traz ao blog a oportunidade única de renascer a cada dia, de se refazer sempre, mais e melhor!
    Te amo sempre!
    beijos

    ResponderExcluir
  9. A vida as vezes nos dá uma balançada para nos por a prova. A gente sempre tem uma gavetinha de guardados onde está, reservada bem no fundinho, aquele cadinho de força teimoso, que sempre nos faz renascer.

    Você foi muito feliz ao captar essa imagem da lagoa. Parabéns

    bjo

    ResponderExcluir
  10. A arte de se reinventar, se (re)descobrir, se permitir... Só pode vir do amor!

    Bom Feriado, Amiga!
    Grande BjO

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Olá querida poetisa!
    Como é bela e assustadora esta metamorfose de mudança! Inventar se reinventar faz da nossa da nossa existÊnica.
    E que vc brilhe cada vez mais a uma nova existência sua!

    Bjos carinhosos

    ResponderExcluir
  13. Me renovo... aqui.
    Um feriado lindo, amiga.

    ResponderExcluir
  14. O segredo é esse:saber que a cada dia tudo se faz novo...obrigada pela visita no meu cantinho...nao sei o que esta acontecendo com a atualização do meu blog....tentarei descobrir,ok?Beijks!!!!

    ResponderExcluir
  15. Lu ,

    A renovação sempre se faz , amiga querida.
    :)

    Me lembrou uma poesia do Torga muito linda ,
    Recomeçar .


    BjO e uma Noite Iluminada ....

    ResponderExcluir
  16. É LU como mágica.
    Mas sabe querida? O amor te abraça nesses dias.
    Teu poema é profundo, é transparência.
    Renova-se a cada dia a semente da esperança, da poesia.
    Amei teu texto menina.
    Gosto de vir te ler, me renova.

    Beijinho Lu.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  17. Seu texto e comentários... confesso tomei como liçao para mim!!!

    bjs e ótimo feriado!!!
    DEus te abençoe e te dê Paz e Bênçãos!!!
    Tudo de bom e bem para ti e aos que tú ama.

    ResponderExcluir
  18. Oi Lu! vc é uma diva mesmo, viu?!

    Sabe que as vezes me pego assim... meio "largatixa" rsrs, me repondo, recompondo e me refazendo.

    bjãO
    ótima semana!

    ResponderExcluir
  19. Hey Lu, renascendo .... com esta visão de flores mesmo em um dia nublado! Vale a pena... e se for ouvindo essa música... que pra mim quer dizer continuação!!!
    beijocas,
    Mari

    ResponderExcluir

Eu gosto muito que você comente!